Site de Poesias

Menu

Mauricio Lomes

Eu sou letra simples
Minha caligrafia sou eu
Um suburbano, com fé e rebeldia
Visionário, estrangeiro de um país
Operário sem medo de ser feliz
De olhos castanhos a olhar pro céu
Panfletando a minha arte e minha raiz
Por isso a poesia não me abandonou,
Nunca me deixou
Por isso a poesia não me abandonou
Eu, somente eu
Escrito por mim sozinho
Ninguém mais do que eu
Minha voz, sou eu sozinho
De fato é difícil conviver assim
Com tudo aquilo que eu quero de mim
De fato é pesado ter que aceitar
Toda a realidade que sinto no ar

Já dizia Clarice Lispector...    "Busque Coisas novas, Fuja do Velho, Busque o novo. Arrisque"

 

Poesias de Mauricio Lomes

Título Data Com. Vis.
O plantador noturno. 18/10/2015 3 20
Perseverança! 09/06/2015 2 48
Tributo da Depressão. 09/06/2015 2 26
Pés e Calendário 09/06/2015 0 24
Consenso 08/06/2015 0 14
Indomável... 15/04/2015 1 30
Condenação... 15/04/2015 0 13
O menino, sal e mar... 10/04/2015 1 31
Tem que ter Fé, Apenas Fé... 05/04/2015 1 26
Caos.... 03/04/2015 1 12
A Mulher de Preto. 03/04/2015 0 22
O colecionar de estrelas. 31/03/2015 0 40
Perdido na Ilha... 28/03/2015 1 30
Desejos... 28/03/2015 0 37
Amarras... 28/03/2015 0 30
A Visitante... 25/03/2015 3 30
Dia e Noite em um piscar de olhos. 25/03/2015 0 14
Insônia! 25/03/2015 0 18
Pensamento de 22 de março! 22/03/2015 0 29
Morte em Rosas! 25/10/2013 0 56