Site de Poesias

Menu

Uriel da Mata

Uriel da Mata não existe.

  • "Ainda que não saiba/ Das coisas/ Seu verdadeiro teor,/ Delas guardo mais,/ Reminiscência,/ Apurado, ingente,/ Derradeiro sabor."
  • Fale com o Poeta

Poesias de Uriel da Mata

Título Data Com. Vis.
Plantas 30/12/2016 1 210
Exceção 14/11/2016 1 154
Filha 08/10/2016 2 160
Recomeçar 08/10/2016 0 128
Janus Inconsciente 05/11/1976 0 111
O que o mar esconde dos homens 07/01/2016 2 222
Palavras 11/03/2014 0 1678
Despertar 15/01/2013 2 593
Penitência 13/01/2013 1 231
Gume 12/03/2012 1 262
Adeus! 21/01/2011 4 1021
O Anjo (Fragmentos de Prosa Poética) 21/01/2011 0 303
“Eu Sou Neguinha” Revisitada/ Revisited – Caetano Veloso 21/01/2011 0 313
Verdades (texto poético) 25/09/2010 3 1073
Ferida 30/07/2010 3 566
Agreste 26/07/2010 4 312
Primavera em Watertown, NY 27/04/2010 0 388
Vitral Particular 09/01/2010 0 495
Ira 03/01/2010 2 321
Bipolar 29/12/2009 2 395