Rita Reiki ritafotopoesia

Rita Reiki ritafotopoesia

PELAS GRADES DESSE AMANHECER

 

 

 

AO POETA UBIRAJARA SAUDADE MEU AMIGO

 

 

 

Hoje não vou falar de flores.

 

 

 

Não vou falar de sol ou jabuticabeira.

 

 

 

Hoje eu não falarei de pássaro algum

 

 

 

De beija flor ou de cores.

 

 

 

Hoje como sempre eu faço

 

 

 

Vim orar na janela

 

 

 

Agradecer o novo dia

 

 

 

Enquanto ele amanhece.

 

 

 

E, não pelo frio ou pela chuva

 

 

 

Deus bem sabe que também os amo

 

 

 

Ele sempre me escuta dizendo:

 

 

 

\"Está como Deus quer\"

 

 

 

Mas, na madrugada desse amanhecer

 

 

 

que me reformo

 

 

 

A sensação de perda é tamanha

 

 

 

E sim, o medo me invade

 

 

 

E quase inunda

 

 

 

A noite quer permanecer

 

 

 

Afundo-me

 

 

 

No breu do meu sombrio ego.

 

 

 

E eu, que luto de luto pra largar de mim mesma

 

 

 

Abrir mão da resma do passado

 

 

 

E sentir um novo dia!

 

 

 

Fico aqui no final dessa escrita

 

 

 

Lembrando... do meu velho amigo poeta

 

 

 

que ontem se foi.

 

 

 

Deixo o meu coração chorar

 

 

 

misturo-me

 

 

 

Nas águas desse amanhecer.

 

 

 

De Cássia

 

 

 

No luto que todos nós lutamos... (E mesmo assim com chuva a sabiá amanhece e canta). #tristeza#medo#perdas#luto#ego#passado#poeta#lembranças#amanhecer#amor#saudade#prisão#liberdade#poesia

 

 

 

 

 

 

 

 

"Retorno a poesia que nunca se calou no coração."

💬   Fale com o Poeta

Poesias de Rita Reiki ritafotopoesia

Título Data Com.
OLHANDO AS MONTANHAS... 19/03/2009 6
CASTELOS... 09/08/2008 12
QUANDO O AMOR FAZ DOER... 13/07/2008 6
CONTRA-SENSO? 10/07/2008 4
SE AMAR NÃO É TUDO? 09/06/2008 4
VOU PREENCHER... 31/05/2008 3
TODO VAZIO... 28/05/2008 3
EU PASSO... 25/05/2008 2
NAVEGAR... 19/05/2008 3
"QUANDO O POETA SOME"... 17/05/2008 2
NAS ALTERNÂNCIAS... 15/05/2008 2
DO DESPREZO AO AMOR... 03/05/2008 7
ENQUANTO JULGAMOS... 28/04/2008 8
PROCESSANDO, PROSSEGUINDO... 26/04/2008 7
REVIRAVOLTAS... 23/04/2008 7
CAMINHADA... 19/04/2008 3
BÁLSAMO... 10/04/2008 4
O MAIS SIMPLES DO VERBO VIVER... 07/02/2008 5
CONVERSANDO-ME DO INVERSO AO REVERSO... 15/01/2008 3
VARIÁVEIS DO MEU SILÊNCIO... 07/01/2008 8