IMAGEM

IMAGEM

 

 Há poder na imagem.


Imagem tem poder!


Poder de personagem.


Que veste, mas não revela o ser.
 


Como gelo ela se desfaz.


No calor das emoções.


A figura tímida torna-se fulgaz.


Agredindo corações.


Decepções.
 


A paisagem é mutante.


De Sol faz-se temporal. 


Pouco se torna abundante. 


Imagem não sente, é artificial.
 


Uma foto de um casal.


Nem sempre é casado.


Uma fantasia angelical.


Nela disfarça-se o diabo.
 


Como palavra jogada ao vento


Sem ninguém a ouvir.


A imagem se desfaz com o tempo.


Enquanto o Amor se faz para sempre sentir. 
 


Quero amar um sorriso.


Pintado de euforia.


Olhar os dentes não é preciso. 


Quando a boca tem hálito de alegria.
 


Quero admirar um olhar.


Não importa a cor.


Mas que a mim esteja a fitar.


Com visão de Amor.
 


Quero um corpo quente


Que me aconchegue com carinho.


Não precisa ser atraente.


Apenas que nunca me deixe sozinho...

 
 

Contatos Virtuais

Katya Favero
© Todos os direitos reservados