Mães

Mãe, um amor infinito, em um beijo, em um abraço, em um conselho ou em uma repreensão. Mãe que me pegou no colo, me cantou canções, me levou pela mão. Quantas vezes me deu chineladas, beijos me fez aconchegos e me deu direção. Queridas mãezinhas, jovens ou velhinhas os seus corações são tão grandes e às vezes ficam tão apertados e aflitos. Mães, os teus filhos são tão gratos, te amam, te beijam, te abraçam, te protegem como sempre nos protegeu.

Cesar Garcez
© Todos os direitos reservados