Site de Poesias

Menu

Acorde

Enquanto a humanidade dormiu

A NATUREZA sucumbiu

Anos de luta e dor

Por uma migalha de amor

Vieram chuvas, tempestade

Para mostrar a verdade

Mas os olhos vendados continuavam

E aos poucos nos matavam

E agora?

O que fazemos por ora

Pânico,  medo e tristeza

Já não existe nenhuma realeza

Tão pequeno e tão assustador

Esse vírus que nos traz tanta dor

Que possamos superar esse mal

Acordar e parecer que tudo retornou ao normal.  

Mas você aí acorde

Não se acomode

Faça o seu papel de humano

Para que possamos ter mais um ano.  

Que Deus nos abençoe

E que o amor e solidariedade pelo mundo ecoe.

                         Michelle Inês e Silva

Compartilhar

21/03/2020