Site de Poesias

Menu

Rafael Delogo

"Escrevo sobre Deus sem citar religião, falo do amor que não vem do coração. Como evitar que me tenham como louco se reviro os entulhos da falsa ilusão. É o preço que se paga por querer se desprender de toda condição"

 

Não sou as coisas boas que escrevo, faço minhas crônicas especialmente para mim, pois preciso me entender como pessoa, traduzir meus sentimentos em palavras.

 

Desde pequeno tenho sido impulsionado por minha curiosidade. Minhas fontes para o conhecimento partiram de muita leitura adicionadas a meditação.

 

A sabedoria vem a partir de muito pensar, e assim tento organizar o que penso escrevendo, expondo para todos meu ponto de vista.

 

Não tenho certeza sobre coisa alguma, escevo com humildade e estou aberto a críticas. Afinal a vida é feita de trocas, pois ensinamos e aprendemos do seu começo ao fim.

 

Ninguém é dono de alguma ideia. Antes de escrever tive que ler outros pensamentos, para então me expressar. Não parto para um lado tão romantico, costumo fazer análises de diversos assuntos, especialmente sobre a atual condição humana que a cada dia caminha mais e mais à decadência.

 

Pessoas constantemente julgam meus escritos como "hipócritas" por abordarem as falhas humanas. Ressalto contudo, que da mesma forma que um religioso define religião, e um cientista define a ciência, nada mais justo do que um ser humano que se considera falho tentar definir as falhas humanas. Hipocrisia seria considerar-me superior àquilo que escrevo.

 

Bem, o resto mostrarei com meus pensamentos...

 

Rafael Luiz Delogo Roas Lopes

Poesias de Rafael Delogo

Título Data Com. Vis.
EXISTÊNCIA ANULADA 23/10/2019 0 --
QUEM ENTENDE A VIDA? 23/10/2019 0 --
CRÉDITO IRREAL 23/10/2019 0 --
COLÍRIOS ARDEM 22/10/2019 0 20
POETA OU VAGABUNDO? 16/10/2012 0 572
CONFISSÕES DE UM FRUSTRADO 30/08/2010 0 371
O QUE VOCÊ FAZ? 12/03/2012 0 1050
O PRAZER DA LEITURA 26/03/2010 0 3458
UMA CARTA PARA VOCÊ 21/07/2009 0 267