Bagagem

Em minha bagagem,

Trago memórias

De muitas, longas e curtas viagens.


Choro, faca, pedra e dor

Estão pesentes

Em minha bagagem.


Cadeiras, cama, mel e calor

São sombras toscas 

De minhas miragens.


De sol a sol enriqueço

Os farrapos dessa pequena 

E despretenciosa coragem.


Amor, fracassos e alegrias

Representam pegadas frescas 

De minha desapercebida passagem.

 

Gilmar Silva
© Todos os direitos reservados