Açaí passado

Curtido na bagaceira, amargo e travoso na mente,
Só fez crescer sua nódoa, apurado nas provas que agora sei.
O desgosto de ter que sempre te engolir, range meus dentes...
Esclarecido pela massa, desta fonte já não mais beberei!

Guilherme dos Anjos Nascimento
© Todos os direitos reservados