Site de Poesias

Menu

Papo de Marido e Mulher... Cena 1

Do nada, eu disse para o Sampaio: 
- Quero ver como eu vou chegar lá no céu? 
- De carro. Você não anda a pé.
- Se eu ando de carro, é porque andei muito a pé, no passado, agora estou sendo recompensada.
- Você vive do passado. Eu sou do presente. Não fico preso às coisas lá de trás.
- Mas eu sou professora de História, o passado é a minha ferramenta de trabalho, se não existisse passado, eu estaria desempregada.

Compartilhar
Selma Nardacci dos Reis
06/07/2019

  • 0 comentários
  • 13 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados