Site de Poesias

Menu

Em Destaque - Agosto de 2006

  • "QUANDO CRIANÇA". (Soneto).

    Sexta, 18 de Agosto de 2006

    Você já leu um poema que te deu saudade? Uma saudade impessoal, uma saudade de si mesmo, uma louca e vã lamentação contra o compasso fiel do passar do tempo? O cavalo imaginário de quando Antonio Hugo era criança traz com seu galopar a nostalgia dessa época comum ao gênero humano, quando a realidade era a gente mesmo quem inventava...

    O meu cavalo imaginário
    que eu tinha quando criança,
    era o primeiro do páreo...
    Destacada por Ederson Peka
  • O pequeno tratado dos sabores

    Terça, 08 de Agosto de 2006

    A infindável variedade de sabores (e dissabores) em que a poesia se manifesta embrulhou o estômago de Felix Ventura. E regurgitando tempero e talento, ele nos serviu "O pequeno tratado dos sabores", prato principal desse banquete filosófico.

    Delicie-se com a profundidade, morda os lábios com a acidez, torça o nariz para a autenticidade... Só não engula o poema sem mastigar a idéia: você pode engasgar com os ossos do ofício.

    Devore essa obra-prima! E fique com o gostinho de quero mais...

    Frescura é não provar,
    criar combinações, maliciar.
    Mas não há espaço para invenções
    se não forem açucaradas...
    Destacada por Ederson Peka
  • *Cara e coroa*

    Quarta, 02 de Agosto de 2006

    Olá, caros amigos do Site de Poesias! Gostaria de recomendar a Professora Carmen Lúcia. Passeiem por sua obra: garanto que vocês não vão se arrepender, assim como eu descobri belos poemas durante minha visita a esta poeta. Registrem sua opinião, pois os comentários são muito importantes para melhorarmos cada vez mais...
    Um abraço a todos!

    Sou um gesto nobre de carinho,
    Também o frio incesto de seu ninho.
    Sou a calma de um mar tranqüilo,
    Também sou um furacão bravio.
    Sou outono e vento que vêm desfolhar,
    Também a primavera e o frescor a
    Destacada por Edson Satler