Site de Poesias


Em Destaque - Dezembro de 2005

  • Crepúsculo

    Sábado, 31 de Dezembro de 2005

    No entardecer de uma etapa que se finda, Fábio Paradela já divisa os raios da nova aurora e suas possibilidades imprevisíveis. O crepúsculo de um amor prenuncia no horizonte a luz do novo amanhecer.

    E, sem que nos demos conta, o brilho da vida se renova...

    Que o amor dispensa o medo,
    Tira as lágrimas da fronte.
    (E sem que nos demos conta...),
    Faz a aurora vir mais cedo!
    Destacada por Ederson Peka
  • Amigos

    Sexta, 16 de Dezembro de 2005

    Estamos com saudades de nossa amiga "Feiticeira".
    Em suas poesias encontramos reflexos de nossa empatia.
    Inspirações para novas auroras e fim do dia, mas ela anda um pouco afastada. Vamos convidar para que retorne breve e relembrar em uma de suas poesias que fala de nós mesmos, os poetas:

    Amigo que ama,
    Que sofre ao seu lado,
    Tem sempre um recado,
    E nunca reclama.
    E quem tem amigos assim, não precisa de mais nada...
    Destacada por Abel G. Saint'ell
  • Amor Calado

    Quarta, 07 de Dezembro de 2005

    No amor na maioria das vezes o silencio diz tudo. E por falar em silencio onde anda você Aline Tenorio? Onde está seu amor calado? Nós leitores estamos com saudade.

    Calado, tu dizias que me amava
    Calado, tu provavas da minha boca
    Calado, tu viajavas em meu prazer
    Calado, tu dominavas meu viver
    Destacada por Edson Satler
  • RUA DA SOLIDÃO!

    Terça, 06 de Dezembro de 2005

    A poesia de Vania Staggemeier é essencialmente lírica e romântica, como a maioria de nós, mas no entanto muito sentida, fala de amores que foram, de saudades e dos sonhos. Especialmente nesta poesia "rua de amor", onde todos nós um dia passamos.

    Caminho por esta rua de amor...
    Sem esperança de salvação...
    Cheia de dor e gritos de aflição...
    Caminho por entre a multidão...
    Solitária de pessoas acompanhadas...
    De tristeza... Angustia e dor...
    Mesmo em toda tristeza que sente, percebo a fé num
    Destacada por Abel G. Saint'ell
  • A vida passando pela minha janela

    Sábado, 03 de Dezembro de 2005

    Marcelo Silva!
    Para tantos que reclamam da vida...
    Esta é uma história real...
    Para refletirmos um pouco mais sobre nós mesmos...
    Este autor mostra toda sensibilidade vendo a vida passar por sua janela... Depois de um acidente...
    Mas tem a coragem e a determinação de um guerreiro para seguir sua vida...

    "...é uma pena que um imprudente
    numa noite em um acidente
    nesta cadeira me fez ficar..."
    Destacada por Vania Staggemeier