Perfeita União.

No encontro dos corpos
Almas não se fundem
Apenas acordam.
Almas indivisas!
Almas que conseguem seu próprio caminho
Não conseguem interpenetrar uma à outra.
Como óleo sobre a água não se misturam.
Sabem que buscam a fusão
Em algum lugar, em algum porão.
Despertas se dão conta...
Ingerindo da própria solidão,
Percebem então claramente...
Que fundindo mente e coração...
Estão em perfeita união!

Mauricio Lomes
© Todos os direitos reservados