Um Mundo de Paz

Um Mundo de Paz

 
 
Passada a tormenta
Daqueles dias difíceis!
Onde as madrugadas eram terríveis!!!
E aos nossos olhos antevia-se uma
Lúgubre noite
Finalmente, o terror dissipara-se
E nossas vidas renasceram das cinzas...
-De uma grande dor!
Entre todos os sobreviventes,
Um tempo de glórias instalara-se.
Onde se mantinham envoltos
Numa esfera de risos e choros.
Nasceu, ali, uma nova época.
Uma nova Era.

 
Um nobre pensamento,
Imbuído de amor, transbordando de calor.
Anunciando o raiar de um tempo
Em que a história se reconstrói
E o mundo abre-se qual relíquia
De Amor e Paz.
Purificando este momento,
Este envolvimento que nos comove.

 
 E temos em nós a incumbência,
De reconstruir-mos um Mundo melhor.
De nos entregarmos de corpo e alma
A tudo aquilo que nos reconstrói
Que nos purifica, nos devolvendo
O amor que se esvai.

 
Juntemo-nos e revolucionaremos
O planeta.
E mudaremos o rumo da história
Desta terra que, aos poucos, nos deixa.
No amor... Encontraremos a Paz.