Seu amor


Seu amor intenso
Que é meu e me faz acalmar
Quando experimento
Você me completa e me ensina
E num só segundo
Me faz delirar

Seu amor que é chama
Esquenta e me faz sufocar
Mas quando se apaga
É trilha, é paisagem que encanta
É sombra, é frescor
Que me faz descansar

Por ele eu amo, não sofro
Por ele eu vivo a cantar
Com ele é tão perto o horizonte
Até a lua se esconde para olhar

Meu amor é trem na estação
Esperando você embarcar
Seu amor é todo o oceano
E as eternas ondas do mar

"Seu amor" retrata um sentimento profundo...

Salvador-BA / 2007

Silvestre Sobrinho
© Todos os direitos reservados