A canção

 
(Homenagem ao amigo Benito di Paula)


Quero ouvir você cantando
A paz que dorme em mim
E o seu piano tocando
Aquela canção, enfim
Que embala corações
E encanta multidões
Versos de pura poesia
Versos de amor sem fim

O seu nome principia
Do que é bento, a emoção
Friburguense de origem
E do mundo, cidadão

Nas teclas do seu piano
Em suas mãos a criação
Que beleza em seu poema
Mestre da composição

O seu nome é melodia
Seu canto é seu coração
Seu descanso é seu dia
Sua noite, a inspiração
Que compõe coisas tão belas
Cores de uma aquarela
E nunca se esgota a fonte
Onde nasce a canção

"A canção" é poema que homenageia Benito di Paula, meu amigo e meu ídolo, no seu aniversário. Benito é uma das maiores expressões da música popular brasileira. No seu estilo, é o mestre da composição, voz e piano singulares...

SSA, 28/11/2006.

Silvestre Sobrinho
© Todos os direitos reservados