Sinfonia do acaso

Lá lá lá...
Lá lá lá, lá, lá.
Vou voar esta noite,
vou amar...

Lá lá lá,
vou morrer hoje,
vou nascer amanhã,
vou morrer amanhã,
e tudo fica para depois de...

Lá lá lá,
O acaso fugiu de mim,
ficou com um pouco de inveja e de medo...
Sou tão despreocupado!

Lá lá lá,
Caí no chão,
tropecei na pedra, que estava "no meio do caminho",
quem me dera, pudesse tropecar agora
no vale do amor...

Lá lá lá...
Lá lá lá, lá, lá.
Vou voar esta noite,
vou amar...

Lá lá lá...
lá lá lá...
Lá, lá...

"...às vezes no silêncio da noite eu fico imaginando nós dois..."

A vida é gostosa porque nos trás grandes surpresas.

Guarulhos - SP