Sonho

Ele despertou imerso em suor
Sentiu o gosto nos lábios
Deixou os instintos mais hábil
Para talvez supor
 
Que o gosto não é fardo do presente
Mas sim um lembrança ausente
Daquela que lhe provoca sorriso
Que lhe faz faltar assiso
 
Querendo loucamente os braços dela
Voltou a se entregar a modorra
Para encontrar fartadela
Em uma sonho com ela ocorra

Leandro Ramos
© Todos os direitos reservados