TEU NOME

Teu nome tenho escrito e bem guardado
É frequente murmúrio em meus ouvidos
Uma canção que anima os meus dias
É sorriso da alma nunca esquecido
 
Por vezes o balbucio entre os dentes
Quando não posso segurar o pranto
Em outras o grito com alegria
Felicidade, amor, prazer e encanto
 
Gravei-o em árvores pelos parques
Escrevi-o na areia a beira mar
Debulhei suas letras e soletrei
Fiz com ele rima rica por amar
 
Nesta ausência teimosa, torturante
Noites frias que demoram a passar
O teu corpo não pode me aquecer
Mas teu nome está aqui a me ninar

 
 

Visitem-me:

www.sergionespoli.recantodasletras.com.br

Grato!!!