Site de Poesias

Menu

Misteriosa Harmonia

[Ilustração não carregada]

Misteriosa Harmonia
Quando você em volta de mim insinua,
Floresces beleza
Abraçando toda minh'alma,
Perdendo-se incógnita...
Nos pensamentos transidos
Que teu corpo clama,
Mesmo na ausência
Tua essência, emudece e banha
Belicoso ventre doce,
Saboreado por lábios que espera,
Desejos clandestinos
Como menino, sonhando ardor
Da tua alma gêmea...
Nutri todo meu ser
Sois única, resumo de todos amores
Sons divinos, emanados
Lembrando Tosca*, Puccini
Quando do fundo do palco
Ouvindo mágica melodia,
Vem a resposta envolvente
Pois são eles de belezas,
Cores diversas:
"È bruna Floria,
L' ardente amante mia!"

 

* Tosca é uma ópera em três atos de Giacomo Puccini, com libreto de Luigi Illica e Giuseppe Giacosa, baseado na peça de mesmo nome de Victorien Sardou. Estreou no Teatro Costanzi de Roma, a 14 de janeiro de 1900.

 

 

Compartilhar

05/08/2010