Site de Poesias

Menu

Lágrimas

[Ilustração não carregada]

 
Lágrimas 

Expulso a angústia da noite
Que me fere como o açoite.
 
É loucura tua ausência.
Suspiro por esta incoerência.
 
Emudeço de saudade
Entrelaça-me a piedade.
 
Seguem as horas e os dias
E notícias não me envias.
 
Confusa, inquiro o horizonte
E acho o vazio defronte.
 
Não foste feliz. Magoei-me.
Não me quiseste. Perdoei-te.
 
Vem trazer por um momento
O teu arrependimento.
 
Lágrimas banham-me a dor,
Sulcam meu rosto. Torpor.
 
Imagem: Google
 
Respeite os direitos autorais

 

Compartilhar

25/04/2009