Site de Poesias

Menu

Em algum lugar do Passado

Em algum lugar do passado
deixei amores, deixei cores,
deixei-me ficar para não voltar
mas não teve jeito, fiquei sujeito
aos passos de um futuro que é um furo
pois não sei lá o que vai dar
não vivo do passado
ele sempre fica ao lado
do lado esquerdo do coração
pois é lá que mora a paixão
lembrar do passado
é o presente
que o futuro me reserva.
Um passado com dores
e muitos amores
que não voltam mais.
 

Compartilhar
Roberto Bordin
19/01/2009

  • 1 comentário
  • 311 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados