"Perfume de Amor"

"Perfume de Amor"

Começou a chuver
Uma chuva de Ar
Com pingos tão finos
Como a brisa do Mar
 
Uma chuvinha tão leve
Que quase não dá para ver
O Ar se dissipa ao todo
Com o vento suave no rosto
 
O Ar está fresco
Um friozinho me faz te abraçar
Olhando a Lua chegando
meus sonhos começo a pintar
 
Te pinto no aconchego
Deito com o cobertor
Olhando pro céu eu vejo
O nosso filme de Amor
 
Na Lua brilhante total
Idealizo nós dois
No movimento das nuvens
Dançamos embaixo do cobertor
 
Uma música suave
Não deixa meu corpo parar
Mechendo o tempo todo
Fazendo o cobertor escorregar
 
Desliza para o chão
Eu rolo pra lá
No chão deitada
E a Lua em cima a Brilhar
 
curto sua beleza
Exala o perfume do Amor
Te sinto entranhado na'lma
E no chão nossa dança embala
 
Aquele brilho refletindo
Do verdadeiro prazer de Amar
Te trás para a minha realidade
E fico horas a te Amar
 
Com você no meu corpo
Não vejo o tempo passar
Quando estou no fim,
Recomeço,não deixo terminar
Deixo o corpo preparado
Para sempre em você colado
 
Conduz meus movimentos
Ouço o que quero dizer
Te peço todo Amor
E mando de volta p/vc
 
Beijo cada rima
Coloco desejo e sabor
Encho de perfume
Passo em meu corpo
O calor do seu Amor
 
Te encontro em mim
Com um brilho sem fim
Estou aí em você
Reflita seu beijo em mim
 
Os pingos não param
A roupa está toda molhada
os pingos dos seus beijos
Já incharcaram a estrada
 
Você me ajuda
A me livrar desta roupa
E me seca,com a sua boca
Beijo,Beijo,Beijo na boca
Coisa louca,sem parar!
Vem me beijar!


Soniah Santos