MEMÓRIA AFETIVA


Sempre haverá...
Um cheiro de fêmea no cio 
No ar que você respira 
E em tudo o que você come
Sempre haverá... 
O meu gosto doce 
Na sua saliva...
Pra te matar de sêde
E te encher de fome.

Saudades de você
ANAVI
© Todos os direitos reservados