INVENTANDO

 

 

QUANDO PERCEBO

QUE MEUS SONHOS

SÃO IMPOSSÍVEIS,

IRREALIZÁVEIS,

NÃO DEIXO DE SONHAR.

 

VOU INVENTANDO 

NOVOS SONHOS...

 

 

VOU INVENTANDO

MANHÃS DE PRIMAVERA,

GORGEIO DE SABIÁS,

CORES,

FLORES,

ABRAÇOS,

NOVOS AMIGOS

E NOVAS ESPERANÇAS.

 

INVENTO

TARDES DE SOL,

VERÕES Ä‚ BEIRA DO MAR,

ARCO-ÍRIS NO HORIZONTE, 

BEIJOS ROUBADOS, 

OLHOS NOS OLHOS,

E PROMESSAS...

MUITAS PROMESSAS.

 

INVENTO 

NOITES DE LUAR,

AMORES,

AFAGOS,

SUSPIROS,

VERSOS

E CANÇÕES DE AMOR.

 

E VOU INVENTANDO

SONHOS.

SONHANDO

E VIVENDO...

 

FELIZ !

 

E POR QUE NÃO ?

Maria Isabel Sartorio Santos
© Todos os direitos reservados