Site de Poesias

Menu

Emy Margot Tápia Alvear

Em meio ao Caos eu Sou!

 

Sou Eterna Intuição.

 

Sou Ethos: Tânatos e Eros

 

Eu Sou uma Bruxa!

 

 

 

"Conjuro, desconjuro e juro que teu poema

é realmente um passe de mágica.

Usas caneta ou varinha de condão?" Homenagem ao belo  comentário do poeta amigo

 

José Aparecido Botacini, em registro na poesia "Conjuro" .

 

Uma forma de lhe agradecer!!!

Aos caros leitores e leitoras...

Ananda Marga! Namastê!

  • "O único poder que possuo é o da minha intensa fragilidade. E não há lugar para a insensibilidade no mundo que habito!"

Poesias de Emy Margot Tápia Alvear

Título Data Com. Vis.
L U A 12/06/2018 0 37
NÓS ou nós 20/01/2018 0 42
IMENSURÁVEL ??/??/???? 0 52
S's de Silêncio e Solidão 12/11/2016 0 36
MAGIA 26/10/2016 0 40
OMISSÃO 17/10/2016 1 51
MEUS 13 N's 25/09/2016 0 57
ENTRE BRUXOS 25/09/2016 0 42
ENSAIO POÉTICO 23/07/2016 0 44
Vou Chover 14/03/2016 1 58
MEU OLHAR 27/02/2016 0 55
O AMOR 21/11/2015 2 53
APENAS EU 16/08/2015 2 62
SUBSTÂNCIAS 02/05/2015 1 67
SILÊNCIO 13/07/2014 1 64
ENERGIA DIVINA 08/07/2014 0 54
AMIGA NOITE 30/03/2014 0 64
POESIA 14/03/2014 1 91
"VACA" 28/01/2014 1 57
ECLIPSE 20/01/2014 1 64