Site de Poesias

Menu

Amor a Natureza.

[Ilustração não carregada]

 Me leve onde quizeres, aprendi com a primavera ser podada e renascer inteira.

Aprendi amar o céu iluminado pela lua e as estrelas.

Aprendi amar  o zunido das abelhas no vergel de frutas doces coloridas.

Aprendi amar o canto dos arvoredos numa linguagem antiga.

Aprendi amar o tempo, o vento, a chuva, e a relva fria.

Entendi que amando a natureza tenho alegria.

Aprendi esquecer as dores de longos invernos vividos.

Deixei a ausência esquecida na estrada sinuosa da vida.

Aprendi  amar minha voz, no eco secreto das grutas.

Eo perfume intocável que exalam das flores de ervilhas

O casulo delicado que as borboletas fiam.

com suas teias suaves feitos perfis divino

Tenho muito que aprender, vou seguindo vou cantando por iluminados caminhos.

Encontrar  na natureza a morada da alegria.

Cristiane Coradi.

Compartilhar

Sou uma mulher de fases, escrevo de acordo com o estado do meu espiríto
meus poemas já estão mais coloridos, espero que perdurem!

cris coradi
07/05/2013

  • 2 comentários
  • 438 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados