Site de Poesias

Menu

Chama...


 
Quisera o sentimento ensolarado
que me despisse a ira em hora insana
e me volvesse os olhos e com gana
pro fúlgido horizonte inalcançado!
 
Quisera ser, de ti, enamorado
e me entregar à fonte que promana
dos teus dois gêmeos lindos que me sana
a dor e o ardor me ser forte reinado...
 
Tu és dileta filha do infinito!
A chama que me queima e acende a alma
e tira da existência o mal, o trauma...
 
Sabedoria tu ouves meu grito?
Por ti o meu desejo é inaudito!
A tua ausência dói, me desencalma
 
Ronaldo Rhusso

Compartilhar
RONALDO RHUSSO
07/05/2013