Café Amargo

Café Amargo

Se me vires balbuciar dores
cobrir o rosto entre cobertores
bater os pés e apertar os lábios
insistindo em algo
que não acontecerá como eu queria,
não tenha piedade, não!
Não faço nada para sua comoção!
Na realidade, faço pra comoção divina.
Que tudo Ele pode e nada eu posso!
Ainda que os céticos balancem
suas cabeças em desaprovação
desse comportamento mimado
dessa fé, essa crença desesperada...
Isso é café amargo
que bebo sozinha gota a gota...
Só o faço, como criança contrariada
pois por mais que eu me explique,
me suplique e me palpite
não consigo ludibriar
as vontades desse coração!

Obrigada por me ler!!
Bjss
Elisa Gasparini
© Todos os direitos reservados