Site de Poesias

Menu

Homem Rural

Alta noite se vai

Chega a madrugada

Pés rústicos em chinelos

Segurarão suas enxadas

 

O trigo será plantado

Para o nosso estômago ser afagado

O leite será tirado

Nossas proteínas estarão garantidas

 

Canaviais serão cortados

Nossos cafés sempre adoçados

O feijão será semeado

Pela mão de um menino explorado

 

O sol se fará mais forte

E o suor escorregará de faces maceradas

Camisas rasgadas serão molhadas

E nas vendas no fim do ciclo do dia

 

Cachaças serão engolidas num só trago

Para esquecer a vida sofrida

A despensa suprimida

Dos nossos lavradores

 

Dos nossos corajosos e rudes lavradores

Que ainda mantém sobre seus pés

A nos ensinar sua bela fé

Dizendo: Graças a Deus!

 

 

Compartilhar
leo victor
11/09/2011

  • 2 comentários
  • 411 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados