De boca a boca

Desejei escolher boca
que havia de beijar
entre as muitas que havia
com o mesmo desejar,
todavia,
só desejo não bastava
antes foi preciso vontade de amar
e quem tal deseja tem de o demonstrar.

Eu tive sorte,
já tenho boca que a minha beija
e também meu coração!

Eu tenho a certeza
de que com minha boca,
com a mesma boca,
como amor e como pão!
...............xxxxxxxxxxxx..............
Autor: Silvino Taveira Machado Figueiredo
(figas de Saint Pierre de Lá-Buraque)
Gondomar

Silvino Taveira Machado Figueiredo
© Todos os direitos reservados