Viver...

Viver...

 
Acredito que viver é decidir, é não ter medo de morrer,
É sorrir, viver esta vida pela vida sem nada ter a temer,
Sentir o divino que nas minhas e tuas veias está a correr,
O mesmo que nos ilumina, o que vês com o sol a nascer;
Radiante que faz qualquer ser estremecer, sente a alegria
Em viver, oportunidade que em nós renasce dia após dia,
Um, mais um que contigo renasce, sem qualquer vaidade
Um que contigo busca, verdade, vida, a primeira realidade.
Viver não é castigo, acredito, olha em redor, onde vês tal
Castigo, tudo o que vês está vivo, a calçada que pisas
O rio que te dá de beber, o filho que ainda irás conhecer
Os frutos desta vida que por ti esperam, os irás colher.
Respira, descontrai, vida é contemplação, deixa de correr,
É só mais um dia de aulas de uma eterna aprendizagem,
A alma é a composição onde vês teu coração escrever
Jamais lhe tires a caneta da mão, sei, é preciso coragem.
 
 
 

 

 

Na foto nascer do sol no Pico, Açores, Portugal!!

Abraço e sorrisos para o vosso dia!

Caminhante Lunar

Lisboa, cidade mulher, cidade boa! :O)

Bruno Dias
© Todos os direitos reservados