Site de Poesias

Menu

NÃO SE REQUENTA O AMOR

[Ilustração não carregada]

"Depois de muito tempo,
Percebi que pior que a separação
É o esquecimento...

Prefiro que briguem comigo
A que me ignorem.

Nunca a palavra "amigo" 
Me soou tão mal e amargo...

Achei que estivesse
Nas minhas mãos
O que hoje vejo nos braços de outro...

Percebi que não se requenta o amor...
Fica amargo, feito café...

Melhor mesmo, é não deixar esfriar
Pois as minhas lágrimas hoje,
São os sorrisos de outro

E o tempo,
Que pensava eu,
Ser um Mestre...

Não passa de um coadjuvante e espectador
Da minha triste atuação...."(Rose Felliciano)

.
*Mantenha a autoria do poema* Direitos autorais registrados

Compartilhar

Alguém já requentou café???

Fica amargo, não é mesmo??? Assim é com o amor....
Por isso, não deixe que o orgulho e a prepotência te ceguem...
Lembre-se que você é o ator principal da sua vida e não o tempo...

* Fiz esse poema para um grande amigo meu, há mais ou menos três anos atrás. E até hoje ele sofre por ter perdido o amor da sua vida. *

Pense nisso: O amor pode estar passando por você nesse exato momento... não deixe passar a oportunidade de ser feliz!

Rose Felliciano.

Rose Felliciano
13/02/2008