REFLEXOS DO TEMPO

REFLEXOS DO TEMPO

REFLEXOS DO TEMPO (Rose Felliciano)

"O tempo não age em favor
De quem magoou e fez sofrer um amor
Mas é elixir de avivamento
Para aqueles que, magoados,
Ficaram no esquecimento...
 
Todos os dias o sol nasce
Aquecendo o coração frio e esquecido
Por alguém que,
Mesmo não tendo merecido,
Teve o melhor do nosso amor.
 
Assim vão passando-se os dias
E aos poucos a alegria
Vem nos fazer companhia
Em cada novo amanhecer.
 
Esse é o bálsamo do tempo
Tudo vai ficando no esquecimento
Como algo que passamos,
Amarguramos e choramos,
Mas não nos incomoda e não desejamos mais...
 
Então, como por milagre,
Ficamos mais jovem e voraz
Como se voltássemos atrás
Para amar pela primeira vez...
 
Olhamos para o horizonte e contemplamos
As promessas de Deus se realizando.
Pois nossas lágrimas Ele contou
E em bênçãos uma a uma transformou.
 
É triste saber que para quem causou sofrimento
O tempo aí é traiçoeiro.
Toda dor causada é refletida como um espelho
E o engano e decepção
Destroem seu coração.
 
E quando vêem quem os amou
Em nova vida
Alegre e radiante
Percebem que por meras bijuterias
Trocaram seu Diamante
 
Esse é o agir do tempo
Ele apenas amadurece o fruto
Plantado por suas mãos
NÃO SE ENGANE
A colheita trará paz
Ou tormento ao coração." (Rose Felliciano)

 
Mantenha a autoria do poema. Direitos autorais em nome de Rose Felliciano.

Pense muito bem antes de deixar a sua vida por conta do tempo... Quais são as areias que você está colocando em sua ampulheta????

Que Deus o abençoe grandiosamente!!!

Poema feito em Janeiro/2008, contemplando as areias da praia e admirando o mar....