Desilusão

 ando tão confuso
perdi minhas referencias
e cada dia ando mais
solitário
não acredito em mais
nada
não vejo em ninguém
um pouco de boa vontade
é covardia por todo
lado
todo mundo sempre achando que a razão é dele
me machuco o tempo todo
não consigo encontrar a paz que procuro
me perdi do mundo
me perdi de mim mesmo
e não consigo achar no meu coração
algo que me faça querer
viver
vejo nuvens escuras
um tempo ruim cobrindo o que eu
chamava vida
sacrifício
dor
solidão
ganancia
tudo que eu não
queria
povoa a vida a meu redor
morri sem querer
vivo na contra mão
nadando contra a maré
mais solitário a cada
dia
falando coisas que ninguém quer ouvir
acreditando
no que ninguém quer acreditar
procurando felicidade
onde nunca vai existir....

Wagner
© Todos os direitos reservados