Site de Poesias

Menu

EROS EM SARANANDA - NA ILHA DO AMOR

[Ilustração não carregada]

 

EROS EM SARANANDA – NA ILHA DO AMOR

Por Paulo Humberto d'Prado Viannah (Kirlakz)

 

Após navegar por oceanos e mares,

Minha Galé parecia repousar serenamente...

Flutuando nas mansas águas do meu ser...

Eis que, soprando de sudeste, uma cálida aragem, 

Trazendo com ela os aromas do desejo...

Acompanhados de sons insinuantes...

Parecia ser um convite ao amor...

Como que enfeitiçado, icei minhas velas...

Naveguei a todo pano rumo ao desconhecido...

Por dias e noites, singrando as águas...

Cada vez mais os sons e os aromas me conduziam...

Meu coração palpitava de desejos e ansiedade...

Finalmente, no entardecer do ultimo dia, pude visualizar

Uma belíssima Ilha com seus ousados contornos...

Sua topografia, era a de uma deusa desnuda...

Envolvido por aquela sensual magia,

O meu barco aportava àquela enseada,

Já despido das velas,

Exibindo o mastro ao céu, à brisa...

Acarinhado pelo suave frescor da tarde finda...

Conduzido por um indomável desejo,

Fui tragado por inteiro àqueles encantos!

Quando a noite mostrou suas primeiras estrelas,

Mergulhei em naquele ser explorando sua geografia...

Acariciando aquela relva com a barba,

Naquelas veredas, busquei os segredos mais íntimos...

Banhando-me em suas fontes, purifiquei o meu ser...

Penetrando suas grutas, busquei seus tesouros ocultos..

Ah os seus tesouros, quanta riqueza em seu âmago!

Então, como uma fada, tocando as águas,

Numa linda sereia, com asas de borboleta,

Transformando o seu ser na própria volúpia,

A deusa da virtude dos desejos, oh filha de Eros!

Oh Sarananda, oh ILHA do AMOR!

 

REC, jan/30/2008
By Kirlakz (paulviannah)

 

Compartilhar

Esta foi uma criação muito interessante.
Uma 'visão surreal' de uma Ilha que se trasformara numa Deusa Mulher a qual amei quando fui um pirata do Caribe, em uma de minhas vidas passadas...
Kirlakz. REC, Jan 30/2008

KIRLAKZ
31/01/2008