Site de Poesias

Menu

O grito

[Ilustração não carregada]

Lancei o grito...
Estridente, sibilante, penetrante...
Assim, à queima-roupa...
Que cala a boca...
Causando estardalhaço,
Saído do profundo...
Vulcão em erupção...
Lançando labaredas
E agitando o mundo
Como um terremoto,
Cuja trepidação
Cessa a respiração...
Leva à perplexão.
Lancei o grito...
Há muito tempo contido,
Escondido, reprimido,
Represado na garganta
Que inflava minha alma
Sufocada num gemido...
Lancei o grito de vida
Que replica, que revida,
Que dá vida...
Mostra a alma...
Grito de liberdade,
Que invade...
Do livre-arbítrio,
Da minha vontade
Da minha verdade!

    _Carmen Lúcia_

Compartilhar

13/12/2007