Site de Poesias

Menu

MEU TEMPO


 
Há um tempo em que a gente se descobre...
 
E, quando me descobri, pude sentir a vida
E, da vida, o que realmente ela é...
 
Quando me desvendei, fiquei atônito
E meu emocional navegou em piruetas
Para as quais, talvez, eu não estive preparado.
 
Quando me conheci, quiçá me desconheci,
Pois comecei a enxergar o mundo em derredor,
Senti que a responsabilidade de mim estava ausente
E que nem tudo o que apetece é saudável...
 
Quando me percebi, alegre e triste fiquei...
Pude entender as batidas do meu coração,
Pude compreender o medo e a coragem,
O constrangimento e a audácia, a dor e o amor...
Enfim, foi quando realmente comecei a me amar!
 
 
 
DE  Ivan de Oliveira Melo

Compartilhar
Ivan de Oliveira Melo
22/04/2020