PICADO

Meu coração atiçado por 300 cavalos

Minhas mãos esmurrando incrédulos badalos

Meus olhos hipnotizados e vassalos

Dos olhos egípcios da serpente

Que me oferta, não a maçã desobediente,

E sim a (minha) verdade, ainda que desminta.

Praciano
© Todos os direitos reservados