Site de Poesias

Menu

A perfeição da incerteza...

Ela nos observa novamente, nos cercando como um animal selvagem, faminta por dor e desepero.

E excitada pela nossa anciedade.

Gargalha ao ouvir nossas orações e se deleita com a nossa esperança.

É saciada quando sofremos, e realizada por saber que nunca será esquecida.

Por que ela está presente em todos os segundos, e em todos os noticiários e em versos de poesia.

Ela é a rainha da mídia, é presença exclusiva em todos os tipos de vida.

É o medo e a paz.

É a inspiração dos poetas por portar tanto mistério. Ela é ruim para se viver e bela para se escrever.

É uma linha tênue entre o inferno e o paraíso, entre o azar e a sorte. É a perfeição da incerteza.

É a aclamada Morte!!

Compartilhar
S.ASSIS
01/05/2017

  • 0 comentários
  • 30 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados