Site de Poesias

Menu

A alegria de ser pai...!

[Ilustração não carregada]

Estou contente!
Mesmo muito contente!
Regressei à pátria mãe
Vivo no coração dos meus filhos!
Não há mais profunda razão
Do que viver na família!
Meus sonhos são lindos
São como as flores
Dos tamarindos!
Ah! Sinto-me um homem
Que na vida tudo fez!
Fiz uma casa construí um lar
Plantei árvores e fiz muitos filhos!
Bem haja a urze do monte
Bem hajam os filhos que tenho
Que são memórias de mim


E vivem em mim como eu vivo neles!
E, neles está, numa forma ou noutra
Todo o meu ser
E o que de mim se espera!
Eles são o meu mosto
A minha flor de castaneiro
A minha laranja amarga e doce
O meu cheiro a maresia
O meu querer sem fim!
Bem hajam os filhos que fiz
Que são aquilo que sou
E o que serei quando morrer !

Ezequiel Francisco (18/12/14)

Compartilhar

Oeiras

Ezequiel Francisco
22/01/2016

  • 2 comentários
  • 253 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados