Site de Poesias

Menu

NO PARABRISA DA VIDA

NO PARABRISA DA VIDA

DE DENTRO DELE
ESPIONAVA O MUNDO
ONDE CHOVIA MUITO 
TUDO ERA ALARMANTE
EM TODOS OS INSTANTES
NAQUELE MUNDO ERRANTE

COM A VISÃO EMBAÇADA
INCICIAVA SEU CAMINHO
SEUS OLHOS SE ARREGALAM
E VIA A AGUA ESCORRENDO
NO PARABRISA DA SUA VIDA

O TEMPO SEMPRE FECHADO
DENTRO OU FORA DO CARRO
PARECIA NÃO HAVER SAIDA
PRESSIONADO IA EM FRENTE
SEGUIA RETO POIS FICAR É RUIM

MAS VIDA MELHOR HAVERIA
E SÓ ELE PODIA DESCOBRIR
SEGUINDO MANTENDO O FOCO
MESMO POR CAMINHOS TORTOS
A FINALIDADE ERA ACHAR A LUZ

"Não é o lugar em que nos encontramos nem as exterioridades que tornam as pessoas felizes; a felicidade provém do íntimo, daquilo que o ser humano sente dentro de si mesmo” Roselis von Sass – www.graal.org.br
 

Compartilhar
HSERPA
08/05/2015