Site de Poesias


VERMELHA NEGRITUDE

                                        INFINITAS QUE INFINITAS SÃO A INFINIDADE DE SUA BELEZA. BELEZA ÔMEGA QUE IMPÕE, QUE PROPÕE. QUE ECHAGUA A ALMA. BELEZA TIJUCANA DA CARIOQUEZ FEBRIL. VERMELHA NEGRITUDE DE UM ARDIL ANDAR. QUE CONVENCE,PURO SANGUE SALGUERENCE. VIRUS DE AMOR,PAISSAGEM SUL REAL . DESENHO DE PINCEL DE CURVAS MIL. PERFUME NATURAL, ILUSÃO DA VERDADE QUE PERMITE SER CAÇADA.SORRISO DE OCEANO,SOM COLORIDO DO PENSAMENTO DO POETA.

Compartilhar
zank moreno
28/05/2013

  • 1 comentário
  • 26 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados