Site de Poesias

Menu

Comentários da Poesia "Sem urgência"

de Úrsula Avner

Gostaria de deixar seu comentário?

Comentários

ATENÇÃO: Os comentários aqui registrados não representam a opinião da equipe do Site de Poesias, nem mesmo recebem o seu aval. A responsabilidade pelo conteúdo dos comentários é inteiramente do autor dos mesmos. Ao poeta é reservado o direito de remover os comentários de seus poemas, quando achar por bem fazê-lo.


Olá querida poetisa... Anseios tão bem descritos nas entrelinhas desta poesía...Frases soltas libertam tambem gritos que sufocam nossa alma...
Grata p/ sua presença... Meu carinho, bjs

Oi, poetisa!
Obrigado por tão encantador poema!
Eu estava sem ter muito o que fazer na frente desse computador, então me bateu a idéia de ler algumas de tuas obras, e olha o que encontrei: uma daquelas escritas maravilhosas, que prende o leitor, que dá vontade de ler, reler e reler quantas vezes for necessário. Parabéns mesmo!
Abraços.
Rogerio dos S. Rufino

26/08/2008

Ua,

Lindo! Parabens! Estou sem palavras!!!!!!!!! Bjs... Angela
Angela Diniz

25/08/2008

Querida Úrsula
Uma palavra define o meu sentimento para sua poesia ''Magnifica'', realmente um primor, em escrita, rima e montagem, impecável.Fico encantada com sua sensibilidade e toda a sua maestria em coloca-la em versos, parabéns, ficou simplesmente muito lindo.
bjssss
Leo a.

Entendo que é uma súplica em defesa do mais sublime sentimento
A poetisa se postou em um momento no qual demonstra que o que há de melhor em si (o amor incondicional) sempre foi dado a sua outra parte, mas agora essa não mais o merece e, simplesmente, meio amor não existe.
Ela é consciente disso, preservando esse sentimento em suas lembranças; Não querendo que a magia definhe-se ainda mais, em razão dos desapontamentos (escassez do puro amor, somente compreendido por seu coração - coisa de poeta). Infelizmente por ele estão sendo dadas migalhas em troca
A paixão passou, mas ficou o amor adormecido
Lindo o seu poema. Parabéns!
juarez

23/08/2008

Amiga, lindo poema! Belíssimas palavras! Parabéns!!!
Maria de Fátima Abreu de Oliveira

23/08/2008

Oi amiga.
Que brilhante...
Aí está o que uma verdadeira artista como você, poeta, pode fazer,
variando o seu domínio no campo das letras e nos surpreendendo em cada uma dessas modalidades, tudo com muita beleza, conteúdo, saber e competência;
você nos mostra que a arte de escrever, de lançar símbolos, de brincar com o pensamento, é algo de rico e inesgotável.
Um mimo de poema como só tua alma e teu coração, com a ajuda de tuas mãos sabem combinar...
beijos

Voltar à poesia