Site de Poesias

Menu

DE CRISTAL


 


UM CHORO CANINO


MORDE MEU SONO


EU QUE, NO “EL CAMINO”,


ESTAVA ASSIM SEM DONO


NUM SONHO QUE, EVIDENTE,


ME DEU UM GOSTO DE AMAR


QUE SÓ EM SONHOS...


 


ENTRE OS DENTES


FICA UM GOSTO DE PESADELO


GOSTO DE SOCO


GOSTO DE VÔMITO


GOSTO DE CARETA


DE BEIJO NEGADO


GOSTO DERROTADO


 


DE QUEM VIVE NOS SONHOS


O QUE NA VIDA “NEM EM SONHOS”.

Compartilhar
Praciano
19/02/2017

  • 0 comentários
  • 23 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados