Site de Poesias

Menu

Mural de Recados de Lucilla Guedes

Gostaria de deixar seu recado?

Recados

ATENÇÃO: Os comentários aqui registrados não representam a opinião da equipe do Site de Poesias, nem mesmo recebem o seu aval. A responsabilidade pelo conteúdo dos comentários é inteiramente do autor dos mesmos. Ao poeta é reservado o direito de remover os comentários de seus poemas, quando achar por bem fazê-lo.


CONVITE ESPECIAL PARA AS PESSOAS QUE ACREDITAM QUE PALAVRAS EMOCIONAM.

Inauguramos recentemente uma Rede Social de Conhecimento onde Valorizamos o Espaço Literário e queremos convidar você especialmente para participar, colaborando com seu talento em nossa Comunidade de Escritores e Leitores.

O espaço para escrever poesias, textos, artigos, mensagens e pensamentos que mais cresce na web está no: http://www.efuturo.com.br/saladeleitura

Emocione usando palavras. Palavras dão vida, palavras são vivas. Participe!

CONVITE ESPECIAL.

Inauguramos recentemente uma Rede Social de Conhecimento onde Valorizamos o Espaço Literário e queremos convidar você especialmente para participar, colaborando com seu talento em nossa Comuniade de Escritores e Leitores.

O espaço para escrever poesias, textos, mensagens e pensamentos que mais cresce na web está no: http://www.efuturo.com.br/saladeleitura

Clique agora e emocione usando palavras.

Obrigada, meus queridos!!

Meio sem tempo vim ver suas estrelals. Elas brilham....

Obrigado pelos comentários.
Bom saber que compartilhamos idéias
Bom natal pra Curitibana de coração

Saudades da minha poetisa predileta!
Beijos!

obrigada por ter comentado o meu poema...
me exponho tanto nele que fiquei com receio de publicá-lo...


abraços poético!


Atenciosamente; Luziane

Muito feliz com seus comentários sempre inteligentes, instigantes, estimulantes e, sobretudo, generosos. Vê-se logo que és uma pessoa interessante e amante da poesia. Isso é uma coisa rara. Quem sabe não podemos ser amigos, trocar algumas ideias sobre literatura. Facebook?

(...)
Mas salve, olhar de alegria!
E salve, dia que surge!
Os corpos saltam do sono,
o mundo se recompõe.
Que gozo na bicicleta!
Existir: seja como for.
A fraterna entrega do pão.
Amar: mesmo nas canções.
De novo andar: as distâncias,
as cores, posse das ruas.
Tudo que à noite perdemos
se nos confia outra vez.
Obrigado, coisas fiéis!
Saber que ainda há florestas,
sinos, palavras; que a terra
prossegue seu giro, e o tempo
não murchou; não nos diluímos.
Chupar o gosto do dia!
Clara manhã, obrigado,
o essencial é viver!

Carlos Drummond de Andrade

Minha querida, muitíssimo obrigada pelos comentários a mim direcionados. Já lhe mandei um email agradecendo, não sei se chegou a lê-lo, de qualquer forma quero salientar a importância deles pra mim. Obrigada!!!

Voltar à biografia