Site de Poesias

Menu

J. R. Underavícius

Ser poeta é ter a coragem para expor sentimentos. Todos somos interiormente poetas, todos possuímos sentimentos que podemos ou não demonstrar. Basta querer. Basta tentar.

A poesia vem da forma de expressar esses sentimentos, por isso eu não vejo no poeta a obrigatoriedade da métrica ou da rima.

O exercício de se colocar no lugar de outrem, de viajar nos sentimentos alheios, de sentir na própria pele, de viver interiormente,  outra vida.

Vejo a beleza da poesia na simplicidade e até nos erros que possam traduzir uma forma de falar, um jeito único de sentir.

Não produzo poesias, deixo elas fluirem. Gosto de algumas, não tanto de outras. Sou assim.

Acredito que para entender a alma de um poeta, seja necessário viajar dentro de sua poesia, entrar nos seus sentimentos daquele momento.

Esse é o meu convite. Minha alma está de portas abertas...

Poesias de J. R. Underavícius

Título Data Com. Vis.
Destino 14/11/2018 0 16
Adormecer 14/11/2018 0 10
Paradoxal 12/11/2018 0 25
Setembros 12/11/2018 0 16
O outro lado 09/11/2018 0 13
Vida Justa 07/11/2018 0 27
Asas da flores 05/11/2018 0 29
Flor 01/11/2018 0 22
Assim 31/10/2018 0 27
Nada 30/10/2018 0 16
Sublimação 30/10/2018 0 31
Idílio 29/10/2018 0 31
Fazendo de conta 25/10/2018 0 20
Anjos pais 25/10/2018 0 13
Sobrevoo 24/10/2018 0 29
Somos 24/10/2018 0 16
Um vulto 24/10/2018 0 19
Utopias 22/10/2018 0 24
Por que? 19/10/2018 0 28
Os olhos de si mesmo 19/10/2018 0 13