Site de Poesias

Menu

J. A

Eu,
viajor das estrelas,
a brilhar nas distâncias incomensuráveis do espaço,
a habitar a multiplicidade dos mundos,
e de foma mística assumir diferentes vidas,
sobre infinitas formas,
de tantas identidades que me compõem,
sou eus diversos,
de jeitos incertos,
um mutânte, que a cada instânte,
respira o existir nesse imenso universo.

  • "Toda aventura envolve perigo, por isso amar é uma aventura, porque o amor é um sentimento perigoso."

Poesias de J. A

Título Data Com. Vis.
A Controvérsia da vida. 15/07/2013 0 31