Site de Poesias

Menu

Hynes Margarida de Oliveira

 


 
 

 

 


 
 

Acorda amor... Tire o manto a cobrir-te a vergonha,
Onde sua pretensão esconde.


 

Insinuante diz palavras que ao vento consome em poucos
Segundos.

 

Afogam-te nas salivas balbuciando tolices incertas
 

  Mortais.


 


 


 

 


 

 

  • "Carrego comigo a minha cruz, não divido com ninguém porque cruz pesada como a minha! todo mundo tem."

Poesias de Hynes Margarida de Oliveira

Título Data Com. Vis.
O amor passou 03/07/2010 1 88
Cores Brancas 03/07/2010 0 81
Marcas do Tempo 21/04/2010 0 121
Quero-te Menino 21/04/2010 0 123
Mãe 29/03/2010 0 285
Filhos de Maria 19/03/2010 1 116
Anjo da minha Memória 19/03/2010 1 74
Cepa do Mundo 13/03/2010 0 109
Doses 03/10/2009 0 95
Horas calmas 30/09/2009 0 92
Nossa Ciranda 29/09/2009 3 92
As ilusões que somhei 27/09/2009 2 106
Loucura minha 18/09/2009 1 95
Nossa luz 16/09/2009 0 105
Tarde de mais 16/09/2009 0 142
Horas calmas 05/08/2009 4 166
Segredos do mundo 03/08/2009 1 525
Escrita de poesia 15/07/2009 0 125
Incandecedor sol 15/07/2009 0 138
Hora derradeira 15/07/2009 0 110