Site de Poesias

Menu

Felipe Cezar de Andrade

Escrevo desde os 16 anos e é uma coisa que eu amo fazer. Na maior parte do tempo eu escrevo poesias em foma de sonetos; também escrevo músicas. Tenho um musa inspiradora a minha Linda Pri; Escrevo sobre sentimentos geralmente.

em 2006 eu sofri a dor de ser pai, dor que mostra a verdadeira face de uma nova forma de amar, uma dor linda de se viver, uma alegria a mais nesta grande roda que é a vida. Estou muito feliz ainda mais sabendo que a mulher de minha vida além de ser a mãe do meu filho, vai ser a minha esposa.

 

 

 

Próximo de 2015, minha vida só mudou pelos anos que se passaram, porque no íntimo da alma ainda sou o mesmo amante das pessoas mais especiais de minha vida.

 

 

 

Eterno amante

Poesias de Felipe Cezar de Andrade

Título Data Com. Vis.
Novidade 26/06/2014 0 42
Inimaginária e notória força que é ter você 03/09/2009 1 146
NADA 27/08/2009 0 175
Pessoas 04/01/2009 4 308
É assim 31/07/2008 1 288
Ganhar e perder 31/07/2008 2 374
Relicários (antiga Pedacinhos) 31/07/2008 0 197
Linda - 50 anos 28/10/2006 0 826
Cumplicidade 22/10/2006 0 231
Compromisso - 50 anos 21/10/2006 0 365
Caracóis - 50 anos 20/10/2006 0 386
Tua Presença - 50 anos 19/10/2006 0 252
Minha Linda - 50 anos 18/10/2006 0 165
Mais um dia com você 17/10/2006 0 267
50 anos 17/10/2006 0 278
"Pessoinha " 23/11/2005 3 135
Amor - Amargo 11/09/2005 0 133
O Nada 25/08/2005 0 217
Recentes Palavras 14/08/2005 1 309
Desabafo 09/08/2005 0 183